Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

stills from the weekend #5


Esse domingo fui na Feira do Livro aqui em Porto Alegre, que, para mim, é uma coisa meio nostálgica. Minha mãe sempre me levava quando eu era pequeninha e eu adorava. Voltava para casa cheia de livros para ler e novidades para contar. Lembro de chegar, empilhar os livros em cima da cama e ficar olhando eles, com um sentimento meio materno de possessão. Agora os livros eram meus e eu podia lê-los. Acho que queria aproveitar aquele momento ao máximo. Ver o filho de uma amiga (na foto) passando pelo mesmo momento foi lindo.
Incrivelmente fiz apenas duas aquisições. Dois livros da Agatha Christie que ainda não tinha na minha coleção. Foi um passeio perfeito para um domingo de sol. Pretendo fazer o mesmo na semana que vem, mas dessa vez só eu, Pipeline e minha mãe, para poder ver melhor as bancas. Dessa vez fui com amigos, cães e chimarrão. Impossível parar para ver direito qualquer coisa.
Aproveitei o domingo de sol para dar um banho no Pipeline e acabei descobrindo uma nova forma instantânea de fazer cães ficarem com cara de coitadinho. É só dar um banho neles no tanque. Óóó que peninha. Depois levei ele para secar ao sol na Praça da Alfândega, onde sempre acontece a Feira. Confesso que achei que ia me incomodar com ele, porque sabia que ia ter bastante gente (a Feira recém começou), mas ele se comportou muito bem no meio da multidão e conquistou muitos corações (principalmente na ala infantil). É um muso!

bienal

Em um final de semana aleatório fui com amigos no Cais do Porto, local onde está ocorrendo uma das exposições da 8ª Bienal do Mercosul. Confesso que sou um pouco conservadora para arte e gosto de coisas estáticas. Afora uma ou outra instalação, o que mais gostei do passeio foi a localização. O Cais do Porto é uma delícia e sonho com o dia em que o transformem em um Puerto Madero porto-alegrense. Dedos cruzados. Me bateu o tédio em uma aula da faculdade e acabei fazendo efeitos nas fotos, via Pixrl-o-Matic, programinha bem legal de edição de imagens que vi no blog da Lolla!
Alguém explica essa mini adulta de saruel estampada? Quase morri.
Navio atracado no cais. Sei que tem alguns navios ali que estão encalhados há anos e ninguém faz nada... Esse me pareceu bem ativo. Só fiquei em dúvida se veio de da Argentina ou de Belém. Acho que nunca vou saber...
Ahhh, cais, tu é lindo! Consigo visualizar mesinhas charmosas em toda essa extensão, com restaurantes, barzinhos e lojinhas delícia. Oscar Freire, se cuida amiga.
Pôr-do-sol amado. A fotógrafa não é muito boa, mas juro que estava maravilhoso.

ontem chorei...

"Ontem chorei. Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas.Versos brancos. Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado. Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido. Pelo respeito empoeirado em cima da estante. Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda- roupa. Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia. Chorei."
Caio F.
tirei o fim, pois ainda não me identifico.

I like #5


1 - galeria de imagens da Emma Block - lindas as ilustrações dessa menina, principalmente as que misturam aquarela e colagens... A série inspirada no filme "Funny Face" ganhou meu coração.
2 - gifs do tumblr from me to you - adorei esses gifs super artísticos. Bem diferente do que aparece por aí. Adoro tirar fotos com aquela opção da câmera que tira várias seguidas e depois fazer gifs (como na foto do perfil), mas esse fotógrafo levou para um outro nível. Arte hiper moderna.
3 - loja Alice Disse - Essa lojinha cheia de coisinhas lindas já me deixou cheia de idéias... Essa sapatilha de cupcakes no meu sapateiro, esse colar de pipoca no meu pescoço, esse estojo de matrioshka com as minhas maquiagens dentro...
4- Draw Me a Song Project - Demais esse projeto de ilustrações de músicas. Já fiquei com vontade de fazer isso também, com as minhas músicas preferidas... Depois que meu namorado me emprestou o dele virei a louca do tablet... Preciso adquirir um.

street art #4


So you do you wanna get to know me?
Do you wanna learn to get inside my head?
Do you wanna get to touch me?
Cause now my ex is officially dead
I don't lalalala like you
I lalalala love you
I used to hahaha hate you
And now I really fucking love you

lip balmholic

Já tinha falado antes por aqui que sou maluca por lipbalms. Parei para arrumá-los e descobri que nem tenho tantos quanto achava. Tem mais alguns, mas devem estar perdidos em algum buraco que se materializa uma vez por ano no meu quarto. À esquerda estão os lipbalms e à direita os glosses (raivinha desse plural). Estranhamente, a quantidade de glosses que tenho é muito parecida com a dos lipbalms, apesar de quase não usá-los.
Já falei do lipbalm da Sally por aqui e é o que mais amo. Em baixo, o Snog Me Senseless da Anatomicals, que não hidrata tanto os lábios mas a sensação que deixa é uma delícia, bem fresca. Ao lado, o Rosebud Salve, dispensa apresentações. Essa lata é minha musa. Os clássicos da Nivea... Quem nunca? Esses são os que menos uso, os outros estão por aí, em lugares mais acessíveis, tipo gaveta do trabalho, gaveta do criado-mudo, bolsa... O Blistex levo comigo na bolsa durante o inverno, pois na verdade é um medicamento para lábios rachados. Cura na hora. Esse da Burt's Bees é ultra hidratante, mas não gosto do cheiro de mel, principalmente nos lábios. Uso quando não tenho outro a mão. Esses de refrigerante comprei todos juntos para trazer para as amigas de uma viagem, cada uma escolheu um e me sobraram esses. Alguns são meio nojentos, mas o de Fanta Laranja é super bom e hidratante. O de moranguinho é o de moranguinho, muito amor retrô.
Quanto aos glosses, gosto muito dessa palette escrita Lips, da Love & Beauty, mas raramente uso sozinhos, sempre passo em cima de batons. Esses da Revlon ganhei e parece que você passou purpurina pura na boca. Ainda assim tento usar de vez em quando. Quando ganhei esse Revlon Colorstay acreditei muito na promessa de gloss não grudento e que dura para sempre e só serviu para constatar que essas promessas nunca procedem. O da Maybelline é o que mais uso, acho que o nome é Extra Volume. É o único que acho que fica bonito, mas é mais grudento do que o normal. Os outros são xing-ling e acho que nunca foram usados.
Depois de tudo isso, só consigo pensar em uma coisa: preciso aprender a desapegar de coisas inúteis.

3 is a collection #3

A minha coleção de unicórnios com certeza é a que mais gosto. Acho que ela é tão querida para mim porque é tipo um desafio. Se vocês soubessem o quanto é raro encontrar unicórnios por aí... Começo a acreditar que eles realmente não existem... ;)
Essa foi minha primeira aquisição, comprei ela há uns 7 anos em uma feirinha de uma praia aqui do Sul. Não lembro porque, mas na época eu estava fixada em encontrar um boneco de unicórnio e quando passamos por uma barraquinha dessas que vende brinquedos importados falsificados e eu vi este tive que levar. Ele é o maior que tenho, branco com detalhes em cinza e o chifre já foi dourado, mas hoje está marrom.
Além disso, ele também é o preferido do Pipeline. Não são dois musos?
Nã consigo lembrar onde comprei, mas acho que foi em uma Americanas da vida. É o único de pelúcia que tenho e ele é muito fofo. Também pode ser utilizado para enfeitar bolos de fraldas.
Esse broche lindo comprei em uma feirinha de antiguidades em Manhattan. Custou 1 dólar. Junto comprei um pingente de relógio, um colar com pingente de laço e um pingente de nota musical, tudo por 5 dólares. Não uso ele porque morro de medo de perder, mas um dia mando fazer uma argolinha para usar de pingente.

Esse unicórnio é do Toy Story 3, não é demais? Adoro o chifre dele, acho que parece um cone de sorvete. As narinas são coraçõezinhos rosas, como não amar? Comprei ele na Century 21, uma loja de departamentos de NY que tem desde roupas de marcas famosas a preço baixo, coisas para casa, cosméticos e, bom... Brinquedos! Comprei roupinhas para o Pipeline lá também.
Esse muso trouxe de Nova York, comprei na FAO Schwarz, uma mega loja de brinquedos que fica na esquina do Central Park. É lá que tem o Big Piano, do filme "Quero ser Grande". Essa loja é demais, mas tive que me esforçar para achar um unicórnio por lá. Também, quando encontrei esse tinha mais uns 200 em volta, todos da mesma linha e todos tão lindos quanto esse. Eram caríssimos (como tudo na loja) então escolhi esse, que achei o mais bonito, além de ser o maior de todos. Na minha próxima visita a NY (ai, ai... sonhar não custa nada) pretendo trazer outro.
Esses lindos vieram, respectivamente, de Paris e de NY. Minha mãe comprou para mim em uma lojinha de um museu. O da direita, eu comprei em uma lojinha dentro do MET (Metropolitan Museum of Art). Acho que as lojinhas de museu são todas padronizadas mundo afora. Gosto mais do prateado, pois ganhei de alguém que amo muito.

Esse unicórnio com seu respectivo cavaleiro vieram da Europa também, trazidos pela mamãe (só mamãe mesmo para sair em busca de unicórnios para a filhinha de 21 anos). Quase morri quando vi esse capacete e esse escudo. É o mais lindo de todos. Gosto de pensar que ele é o protetor dos unicórnios. Já pode mandar fazer uma camiseta "Team Unicorn"?
Esse livro é a coisa mais linda, ganhei de presente do meu namorado (AMOR, TE AMO!) e quase morri quando vi. Na verdade é uma história em quadrinhos de um unicórnio fêmea que sai de sua floresta em busca de seus amigos perdidos, que sumiram do mapa. Ela é o último unicórnio. Além de os desenhos serem todos maravilhosos, a história é linda (e triste)!
Geralmente não vou muito atrás de coisas que coleciono, como muita gente que gosta de bonecas, action figures e afins. Com os meus unicórnios não foi diferente, então posso dizer que metade deles foi um achado mesmo, que encontrei em lugares nada ver. A outra metade ganhei de presente de pessoas que amo e que me amam (tá, ganhei tudo da minha mãe, exceto pelo livro).
Dito isso, assisti muito Cartoon Network nesses últimos dias com uma priminha que está nos visitando, e surtei quando vi a Princesa Celestia do My Little Pony em uma propaganda. A marca (marca?) My Little Pony tem vários outros mini unicórnios, mas nenhuma chamou tanto minha atenção (mentira, quero todos!). A Princesa Celestia roubou meu coração. Preciso adquirir! E preciso descobrir onde o Philippe Starck encontra essas cabeças de unicórnio? Será que ele que faz? Um dia vou ser igual a ele, aqueles banquinhos de gnomo me matam. E ainda vou comprar esses da Tokidoki, vem em uma caixinha e você não sabe qual vai ganhar. Muito amor!

cães em porta-retratos

Pipeline em seus anos de glória, quando ainda era peludo, enfeitando minha mesa de cabeceira. Muito amor. Adoro quando vou na casa das pessoas e encontro fotos de animais de estimação em evidência. Acho que, acima de tudo, mostra o quando o bichinho é importante para a gente, se equiparando a um membro da família. Pipeline é mais que um cãozinho que mora comigo, é meu melhor-amigo, meu filho, meu irmão e às vezes age que nem meu pai. Esse porta-retrato é magnífico. Não lembro onde comprei, mas foi baratinho. Esses porta-retratos estilizados me matam. Tenho vários (tá, tenho 3, mas gosto de pensar que são vários).
Arrumando meu quarto, encontrei esse creme para o corpo com cheiro de cupcake. Tá, tem cheiro de cobertura, uma mistura de chantilly com baunilha, que particularmente não sou muito fã, mas essa embalagem é linda demais. Não adianta, eu sou completamente atraída pelas embalagens. O produto pode ser uma merda, mas eu vou querer se a embalagem é bonita. Julgadores de livros pela capa, uni-vos! À direita estão dois cremes que mais uso (e como podem perceber, com embalagens luxo), esse da esquerda é um da Victoria's Secret, chamado Mango Temptation. Comprei por uns 2 dólares em uma promoção de Natal. Não acho ele lá muito hidratante, mas o cheirinho é uma delícia e fica no corpo uma eternidade. O da direita é Vichy, da linha Essentielles, mega hidratante e uso todo dia depois do banho. Tenho o creme para mãos dessa linha também e é o que anda comigo na bolsa.

receita: cobertura de ganache de chocolate preto para cupcake


Essa receita é muito fácil de fazer e todo mundo adora.
Recomendo fazê-la antes de começar a preparar o bolinho, pois para ficar durinha para usar como cobertura tem que deixar esfriar e demora bastante.

Você vai precisar de:
- 1 xícara (240ml) de creme de leite
- 250 g de chocolate meio amargo

A primeira coisa a fazer é picar o chocolate com faca em uma tábua de cortar.
Depois, despeje o creme de leite em uma panela pequena (eu uso uma leiteira).
Ligue o fogão em fogo médio e espere o creme de leite começar a borbulhar. Quando chegar nesse ponto, coloque o chocolate picado e misture com um fuê, até derreter tudo. Quando estiver homogêneo, desligue o fogão.
Coloque na geladeira para esfriar. Sempre coloco a "bunda" da panela em água gelada pois fico com medo de derreter a prateleira da geladeira.
Demora por volta de 45 minutos para ficar na consistência boa para utilizar de cobertura para o cupcake, mas vai depender da temperatura da sua geladeira. Se ficar muito duro, coloque um pouquinho de creme de leite e misture com o fuê até ficar com a consistência certa.
Coloque dentro de um saco de confeitar ou de um zip-lock (para cortar a ponta) e decore seu bolinho.
Sempre lembre que o bolinho deve estar frio para que seja aplicada a cobertura e que você deve começar a aplicar a cobertura das bordas para dentro.