Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

O-D-I-A-D-A.

ODIADA COM O SITE QUE EU HOSPEDO AS IMAGENS AQUI DO BLOG.
Não sei como faz pra ajeitar, parece que em 7 dias volta ao normal.

comprinhas de nyc

Estou pensando em fazer um post com dicas de Nova York (tipo aquele que fiz sobre Buenos Aires). Fico meio assim porque penso que foge do conceito do blog, mas ao mesmo tempo penso que pode ser útil para alguém um dia... O que vocês acham? Alguém ia achar interessante?
Enfim, aqui algumas aquisições da viagem...
O Ray-Ban foi a aquisição mais legal da viagem, um óculos para a vida toda. Com a luz forte da loja não percebi que a lente dele é espelhada, mas acabei gostando mais ainda. O modelo aviador é demais, um clássico. Tem um lado muito perua meu que sonha em ter esse aqui.
O relógio também foi legal. Sempre amei relógios com pulseira de couro (especialmente os marrons), mas nunca tinha encontrado um tom de marrom que me agradasse. Hahaha, sou muito específica. Achei esse incrível. Nunca tinha ouvido falar na marca (Nautica), então não sei se vai durar a vida, mas estou cuidando bem dele e torcendo que sim :)
Essa jaqueta estilo varsity é amor eterno, amor verdadeiro. Desde que começou a esfriar aqui tenho usado ela direto. Ela combina com todas as minhas roupas.
Amei a estampa dessas camisetas. Sem contar que custaram 5 obamas na H&M, aquela linda.
Agradeçam ao James Dean por ceder seu lugar na parede para as fotos desse post. Aliás, esse final de semana rearranjei os quadros na parede, ficaram tão lindos. Ainda tenho uns projetos para terminar no meu quarto até esse final de semana (se tudo der certo), mas acho que na semana que vem já vou fazer um round 2 de fotos dele :)

Um salve aos dois homenageados do dia: M., pelo dia dos namorados, e Pipe, pelo aniversário de 6 anos.
Essa foto é muito creepy, parece que fico olhando eles enquanto eles dormem, hihi.

diana mini em filme redscale negative

Escaneei um filme de fotos da Diana Mini. Aproveito esse momento para registrar meu ódio por palavras com duas letras iguais seguidas (como escaneei), sempre acho que é uma cilada.
Fiquei abalada quando busquei esse filme na revelação porque não sabia que ele era em redscale (apenas tons de vermelho). Quando vi, odiei. Aí vi melhor e odiei menos. Vi de novo e me apeguei. Vi agora e amei.
Preparem-se que hoje estou espirituosa. Apns informando.
ENSAIO SOBRE PONTOS TURÍSTICOS DE PORTO ALEGRE
uma análise crítica da sociedade urbana sulista e suas estruturas.
Minha tão amada vista da Catedral. Super poético o céu vermelho em cima do templo religioso. Temos aqui um claro questionamento à fé, acentuado pelo jogo de cores que remetem o céu ao inferno.
Monumento à Julio de Castilhos na Praça da Matriz. Aqui a artista traz uma simbologia: por trás do homem vitorioso existem mãos manchadas de sangue, claramente representadas pelo fundo rubro da imagem.
Chafariz do Parque da Redenção. Parece lava saindo de um vulcãozinho. Uma clara crítica à sociedade porto-alegrense e sua hipocrisia, vivendo em um mundo que não existe e que um dia irá explodir.
Minha gente, nem preciso dizer que isso foi uma piada né? :)
Retornando à programação normal...
Esse é o suposto melhor pôr-do-sol da América do Sul, prêmio marmelada dado à cidade de Porto Alegre por nada mais nada menos que: porto-alegrenses. Tudo errado.
Carta aberta ao morador dessa casa: precisa de uma room mate? Lavo, passo e cozinho :)
Vantagens de morar no Centro Histórico de Porto Alegre: qualquer passeio rende belas visões :)
Lomografia é uma coisa que vai e vem pra mim. Vai em época de vacas magras e vem quando estou rhyca porque né, êita brincadeira que sai cara. 
Eu sou a pior pessoa indicada para falar sobre lomografia. Eu já desisti de entender porque uma foto saiu do jeito x, como raios consegui queimar um filme inteiro, porque de 74 fotos que eu tirei saíram apenas 20, enfim... Infinitas possibilidades de cagadas que podem acontecer quando se tira fotos com uma câmera de plástico.
Basicamente o que eu faço é: compro filme, coloco na câmera e tiro fotos. Fico com a câmera na bolsa até o filme acabar. Quando acaba deixo ele esquecido. Gosto assim, porque aí você esquece as fotos que tirou e é sempre uma surpresa. Tenho filmes aqui para serem revelados faz meio ano. Mentira, esses não revelei porque me falta um milhão de dólares.
Tenho uma Holga 120N e uma Diana Mini (que é da minha irmã).
Se você me perguntasse qual eu prefiro eu diria a Holga. 
Se você me pedisse uma indicação eu diria a Diana Mini. Porque é mais prática, porque você acha filme para comprar em qualquer loja de fotografia, porque a revelação é mais barata, porque é praticamente tão legal quanto e, principalmente: ela trava direito e você não corre o risco de queimar um filme inteiro porque a câmera se abriu dentro da sua bolsa. Yep, isso aconteceu comigo três vezes com a Holga. Vocês sabem quando custa um filme 120, gente? O quanto é difícil achar pra vender? Como eu me sinto quando abro minha bolsa e verifico que essa tragédia aconteceu:
Tem um adaptador de filme 35mm para a Holga, mas aí eu já acho que é se empenhar muito por uma coisa que é pra  ser simples (é uma câmera de plástico, não deveria exigir tanta mão-de-obra, haha).
A última aquisição de lomo aqui no meu lar foi um scanner para filmes (que proporcionou as imagens desse post). É tipo uma micro maquininha que você encaixa o filme e vai escaneando as fotos. Parece aqueles negócios antigos de slides (algo me diz que esse treco escaneia slides também):
Genial, especialmente no meu caso (sempre esqueço de pedir para digitalizar as fotos). Só funciona para filmes de 35mm, no entanto. Só não recomendo a compra porque ainda não sei como ele se comporta com um filme normal, só usei ele com esse red scale.
E essa câmera cheia de amor, emoção e pop art que trouxe da viagem? Ela tira quatro fotos coloridas em cada quadro. Não vejo a hora de colocar um filme nela e tirar fotos divertidas. Prometo colocar aqui :)

I like #20

1. Galeria de fotos de Tatiana Mikhina: inspirador o portfólio dessa fotógrafa russa. Às vezes quando encontro um flickr ou galeria com fotos bonitas tenho muita vontade de correr atrás e aprender mais sobre fotografia. Com esse foi diferente: me fez ver que, por mais que eu aprenda, vai ser muito difícil ter essa visão artística que essa gente tem. Hahaha. Invejinha. Gostei especialmente dessa foto onde a flor virou saia e das tiradas dentro da água. Os retratos também são incríveis.
2. Selfless Portraits: da série idéias que eu gostaria de ter tido. Funciona assim: você se inscreve e vai ser enviado para você um perfil. Aí você faz o desenho da foto da pessoa. Depois disso, sua foto é enviada para outra pessoa. E ela faz de você. E assim sucessivamente. Como não amar muito? Me diverti muito vendo a galeria. Tem desenhos super básicos, acho que dá pra todo mundo com um mínimo de coordenação motora participar. Só não pode ficar bravo se recebeu um desenho feio né. Estou providenciando minha participação :)
3. Série de fotos recorda nascimento do skate durante a década de 60: senti um misto de saudade de um tempo que nunca vivi e vontade de andar de skate quando vi essas fotos.
4. Recordação, de Antonio Prata: especialíssimo esse texto de Antonio Prata. Gosto dele desde que era adolescente e ele escrevia pra Capricho. Com o tempo perdi o rastro dele e reencontrei hoje via alguns compartilhamentos no meu Facebook, o que me leva a crer que todo mundo já deve ter lido. Enfim, pra quem não leu, recomendo.

Obs.: o que acharam da diagramação dessa tag? Ficaram muito pequenas as imagens ou tá ok? Obrigada :)

rapidinhas

Pessoas, muito obrigada pelas indicações musicais do post anterior <3 Ainda não consegui ouvir tudo, mas já descobri algumas bandas bem legais! Vocês são demais!

Depois de muito esforço e dedicação consegui passar as fotos do meu celular de mil e novecentos para o computador :)
Algumas pérolas que lá estavam:
Casulo de Pipeline.
Nesse frio a figura só quer saber de dormir... Adoro esse jeito dele de dormir de barriga pra cima, muito amor. Outro casulo canino direita <3
Outros cachorros amigos: Rose, cusca do boy, e Muruka, cusco do meu tio e arqui-inimigo do Pipe.
Esse cachorro não é meu amigo. Meu sonho é ser amiga dele porque genty, ele mora em cima de uma TV! How cool is that? (coloquei uma seta porque né, não tá muito boa a foto não! haha).
Eu moro ou não moro no lugar mais lindo da cidade? <3

O Pablo me indiciou para um meme de perguntas. Obrigada, adorei! Eu estava "colando" as respostas de um outro meme similar que eu já tinha respondido e só depois percebi que eram iguais! He-he. No fim mudei algumas coisas :)

1. Como escolheu o nome do seu blog?
É uma referência a um filme com o mesmo nome. Na verdade a palavra "ordinary", em inglês, tem um significado diferente do que tem pra gente. Uma pessoa "ordinary" na verdade é uma pessoa comum, que eva uma vida comum. Não tem essa conotação ruim. Eu não quero levar uma vida menos ordinária. Eu quero levar uma vida menos comum.

2. Há quanto tempo tem seu blog?
Desde julho de 2011 (gemty, quase 2 anos, nem tinha me dado conta!).

3. Como você divulga seu blog?
Basicamente comentando em outros blogs. Ultimamente ando vivendo um pouco mais offline e não tenho feito tanto isso.

4. Quais os assuntos que tem mais visualizações no seu blog?
Cupcakes, acho que as pessoas procuram receitas no google e param aqui.

5. O que motivou você a criar um blog?
A necessidade de registrar o lado bom da vida em algum lugar :)

6. Você mora onde?
Em Porto Alegre.

7. Quais os seus objetivos com o blog?
Distribuir energia positiva. Soa brega, mas é verdade. Hahaha.

8. Quais blogs você visita frequentemente?
A maioria do meu blogroll.

9. O que te inspira a criar posts?
Meio que tudo. Sou muito visual e gosto de ficar falando sobre coisas que acho bonitas e que gosto. São raros os posts aqui do blog que não tem fotos ou imagens :)

10. Qual sua idade?
23 anos.

11. Além do blog, tem outra ocupação? Se sim, quais?
Sim, além do blog eu me ocupo em ser linda :) hahaha

12. O que mais gosta de fazer nos finais de semana?
Comer&beber :)

13. Gosta de café?
CAFÉ? ONDE? ME DÁ?

14. Pretende fazer algo em 2014 para o blog?
Nada em vista... Gosto do blog do jeito que está. Queria postar mais ou pelo menos ter alguns posts programados para momentos em que a inspiração não bate, mas acho que está indo tudo OK, devagar e sempre :)