duas clarissas

Ele está comigo desde que eu me lembro. A edição data de 1967. Não sei de quem era, não sei quem me deu, não sei de onde veio, não sei quando li a primeira vez, não sei nem se é meu. Só sei que sempre ocupou um espaço especial em qualquer prateleira que tive.
Esse romance é o motivo pelo qual tenho o meu nome. A história de vida da Clarissa, de Érico Veríssimo, é completamente diferente da história de vida da Clarissa, de Carla e Paulo. Mesmo assim, sempre que releio esse livro percebo que somos duas clarissas do mesmo saco. 
É como se a minha personalidade tivesse sido pré-determinada pelo nome que escolheram pra mim. Por mim tudo bem, porque acho que todo mundo deveria ser um pouco Clarissa - a do livro. Se a Clarissa não fosse assim, tão como eu, será que eu também não seria diferente?
Amaro, prometo que nunca vou saber que mês se planta couves :)
Meu filho vai se chamar Bruce Wayne.

Comentários

  1. Um mistério na sua vida: a origem do livro que deu origem ao teu nome. Ninguém soube te dizer da onde veio esse livro? Ótimo! Keep it that way :'D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha acho que era da minha mama, mas nunca quis perguntar porque vai que ela queira de volta haha

      Excluir
  2. Eu acho tão lindo quando o nome dos filhos tem um significado bonito e sentimental pros pais, que tem algo que você pode pesquisar e entender mais a fundo porque resolveram dar logo esse nome e no que isso te influencia.. Diferente do meu que minha mãe deu porque era "diferente e bonito".

    Pale September

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe, né? e eu que acho lindo quando o filho tem o mesmo nome do pai? <3

      Excluir
  3. Primeiro que esse livro é mó charmoso e só pela capa já combina com você.

    Segundo que preciso lê-lo urgentemente para poder entender as sacadas que você costurou delicadamente ao post. Sério. Fiquei curiosa em saber como é a Clarissa do Veríssimo, porque a da Carla e do Paulo e já meio que "mal conheço e considero pakas".

    Eu sempre quis ter um nome inspirado em título de livro ou nome de música icônica. Sempre. Mas nunca tinha parado pra pensar em como esse lance de personalidade seria. Um ponto de vista totalmente diferente sobre um assunto que eu volta e meia estava pensando a respeito. Muito legal olhar por esse lado.

    Se esse lance de personalidade pré-estabelecida realmente funciona, até eu queria me chamar Bruce Wayne. Por motivos óbvios, haha. <3

    O post é realmente fabuloso. Curtinho e lindo ao mesmo tempo. As pessoas não sabem o que estão perdendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai que comentário bem lindo :~~~~)

      Excluir
  4. Engraçado que eu tenho uma edição desse livro bem velhinha e surrada que, assim como a sua, não sei de onde surgiu. Só sei que é meu livro favorito. E que eu nunca li. Desde pequena acabei desenvolvendo um fascínio, um amor incondicional pelo nome, pela capa, pela personagem, pelos trechinhos que eu lia e por todas as coisas ali dentro que eu não conhecia, mas que pareciam tão encantadoras. Comecei a leitura milhares de vezes e em nenhuma delas tive coragem de seguir em frente: não quero saber a minha história favorita. Sou tão maravilhada com Clarissa que não quero conhece-la. Meio bobo isso, né?! Haha.

    Aliás, muito lindo o seu nome ;) Adoro seu blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que coisa mais fofa essa tua história ;)))

      Excluir
  5. Mal posso (mentira, posso e como posso! AHAHAHAHA) imaginar uma personagem com sua personalidade. Acho que ela seria um sarro, mas um pouco impiedosa. Ou uma pessoa gentil de boca suja. Olhe, definitivamente não vou saber definir HUAHHUAHA... Ou, então:
    "Ela é um raio de sol, uma mancha rutilante de alegria. É a poesia da vida no meio do realismo mesquinho. Nela, tudo encanta porque tem a inocência que a angeliza, e o sabor das coisas naturais que ainda não sofreram as deformações da sociedade... Clarissa é qualquer coisa de agreste e puro. Clarissa é música e é poesia. Menina e moça - olhos abertos para o mistério da vida. alma que amanhece." -> achei na sua descrição u.u
    Mas, guria, fiquei com vontade de ter o nome de alguma personagem foda. Queria ser Capitu e.e
    Enfim, mais um post seu que eu adooooooooorei. Beijão <33

    http://listadasnuvens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha ai que demais. Acho que sou uma mistura de tudo isso que tu falou, especialmente boca suja, me define. Hahaha.
      Amo ser Clarissa, mas se pudesse escolher seria HERMIONE GRANGER por motivos de BRUXARIA

      Excluir
  6. Acho que muitos passam por maus momentos de vários tipos de crise. Não li esse livro, mas acredito que tive as minha crises e que algumas delas perduram.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Como eu perdi este post? Imperdoável.... A Clarissa aqui de casa é mistura, é contraste, ela é encantadora, fresca, risonha, mas domina muito bem as quatro operações. Ela acredita nas 'bobagens dos poetas', mas sabe curar bicheira do Pipe. Espero que ela nunca mude... Te amo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 <3 que lindo comentário! te amo mamãe

      Excluir
  8. oi! eu não conheço o livro mas achei o post muito interessante de ficar pensando esse tipo de coisas! as vezes é legal pensar como seria se não fosse como é! (ou eu não entendi o post? hahah)
    conheci aqui recentemente, mas adorei você e o blog! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahah entendeu perfeitamente!!! como seria se não fosse como é. Sério, amei.

      Excluir
  9. Como eu vim parar aqui ? é simples, vc fez um post para esse post kkkk Achei vc meio maluca mas pensei : Eu não posso sair daqui sem ver esse tão falado post. Amei isso, eu nunca tinha ouvido falar desse livro e me amarrei nele. CLARISSA, seu nome é lino e deve ser um privilégio ter um nome retirado de um livro cujo a personalidade são é a mesma da personagem . Aí te pergunto ? A vida imita a arte ou a arte imita a vida ? segui seu blog


    http://www.isadoramonteiro.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 acho que a vida imita a arte, porque gosto tanto da Clarissa desde que li a primeira vez que sempre quis ser como ela :)

      Excluir

Postar um comentário

infelizmente o blogger não tem uma plataforma muito boa de comentários, então se alguém tiver algum interesse em ver minha resposta tem que voltar aqui no post. Procuro responder todos!
Obrigada pelo feedback!!