livros de 2016 #2

Esse ano comecei a fazer resenhas dos últimos livros que li à medida que vou lendo. Clique aqui para a parte 1.
5. Yes Please - Amy Poehler
Descrição: In Amy Poehler’s highly anticipated first book, Yes Please, she offers up a big juicy stew of personal stories, funny bits on sex and love and friendship and parenthood and real life advice (some useful, some not so much), like when to be funny and when to be serious. Powered by Amy’s charming and hilarious, biting yet wise voice, Yes Please is a book full of words to live by. (fonte)
Eu gostei? Eu gostei, a Amy Poehler é uma mulher incrível, tem um senso de humor incrível e quero ser incrível igual a ela quando crescer. Podia ser melhor? Acho que podia.
Esse livro não foi escrito pra mim, o público-alvo de Yes Please são os fãs da Amy Poehler. Eu nunca assisti Parks and Recreation ou Saturday Night Live. Não sabia quase nada sobre a ela a não ser que ela é a mãe da Regina George em Meninas Malvadas, alguns vídeos aleatórios no SNL e que ela é ex-mulher do Will Arnet (sei muito sobre ele por motivos de: Arrested Development <3). Ou seja, não sabia quem era metade das pessoas e não conhecia metade das situações que ela cita no livro. Esse name dropping me agoniou porque ficava tendo que pesquisar quem eram as pessoas pra entender a história. Ela também não fez muita questão de situar o leitor nas referências. Ao mesmo tempo que eu entendo, acho meio tiro no pé. Poderia ter virado fã dela também depois dessa leitura, mas a confusão me impediu.

6. Pequena Abelha - Chris Cleave
Descrição: Essa é a história de duas mulheres cujas vidas se chocam num dia fatídico. Então, uma delas precisa tomar uma decisão terrível, daquelas que, esperamos, você nunca tenha de enfrentar. Dois anos mais tarde, elas se reencontram. E tudo começa… Depois de ler esse livro, você vai querer comentá-lo com seus amigos. Quando o fizer, por favor, não lhes diga o que acontece. O encanto está sobretudo na maneira como essa narrativa se desenrola. (fonte)
Cai no conto desse livro de 'você não vai acreditar no que acontece' e 'por favor, não arruine a surpresa para os outros', o que é ok mas não me agrada muito. Preguiça de editora que se vale desse tipo de marketing pra vender livros. O livro é bom e não tinha nenhuma necessidade disso. Hoje acordei venenosa né, plmdds. Enfim...
A história é bem fechada, trata especificamente das duas personagens principais que levam vidas completamente diferentes. No início a narrativa é paralela, até que elas se encontram e vira uma só. Achei a construção do livro muito boa e contribuiu muito pra uma atmosfera de mistério e curiosidade. Além disso, o livro fala sobre duas mulheres fortes e que passaram por maus bocados (EU AMO FALAR MAUS BOCADOS) e juntas vão tentar superar. Ou seja, o livro tem um viés de sororidade e feminismo que sempre me agrada.
Vi muita gente comentando que o livro é arrastado e muito detalhado, mas eu particularmente gosto desse tipo de leitura.
Alguém já leu? O FINAL, GENTE, QUAL A NECESSIDADE DISSO? :~

7. Career of Evil - Robert Galbraith (J. K. Rowling)
Descrição: Quando um misterioso pacote é entregue a Robin Ellacott, ela fica horrorizada ao descobrir que contém a perna decepada de uma mulher. Seu chefe, o detetive particular Cormoran Strike, fica menos surpreso, mas não menos alarmado. Há quatro pessoas de seu passado que ele acredita que poderiam ser responsáveis por tal crime – e Strike sabe que qualquer uma delas seria capaz de tamanha brutalidade. Com a polícia focada no suspeito que Strike tem cada vez mais certeza de que não é o criminoso, ele e Robin põem as mãos à obra e mergulham no mundo sombrio e distorcido dos outros três homens. Entretanto, quanto mais acontecimentos horrendos acontecem, mais o tempo se esgota para ambos. (fonte)
Vou resumir esse livro da mesma maneira que fiz com o anterior:
A mulher que escreveu meus livros preferidos decidiu enveredar para o meu gênero de livro preferido. Os planetas se alinharam e tá tudo certo.
Não leia esse sem ter lido os dois primeiros, O Chamado do Cuco e O Bicho-da-seda.
Ah, o único adendo é que achei esse muito mais arrastado que os outros, mas depois percebi que é porque li em inglês e demoro pelo menos duas vezes mais, coisa que estou tentando mudar :)

8. O Cemitério - Stephen King
Descrição: Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar naquela pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha. Num dos primeiros passeios familiares para explorar a região, conhecem um 'simitério' no bosque próximo a sua casa. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram seus animais de estimação. Para além dos pequenos túmulos, onde letras infantis registram seu primeiro contato com a morte, há, no entanto, um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras e onde forças estranhas são capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível. (fonte)
Vou começar essa resenha explicando que eu sou muito cagona. Muito mesmo. Eu me recuso a assistir qualquer filme de terror porque fico anos lembrando das cenas em qualquer ida à cozinha ao banheiro da madrugada. Assisti Pânico em 1999 e até hoje acho que vai aparecer o assassino com a máscara quando eu abrir uma porta. A Samara de O Chamado sempre aparece quando tenho pesadelos. Aquela criança embaixo da escrivaninha com uma caixa em O Sexto Sentido esteve embaixo de todas as escrivaninhas que eu já tive. E o melhor de todos: eu tomo sustos e sinto medos reais em filmes sátira de terror, tipo Todo Mundo em Pânico.
E aí peguei o livro que muita gente diz ser o mais assustador do Stephen King pra ler. Na metade achei que meu coraçãozinho não ia aguentar, mas aguentou. Pra vocês terem idéia, eu estava lendo um dia de madrugada sozinha no meu quarto e desisti. Via coisas em cada sombra e a luz do meu quarto está queimada faz um ano e eu nunca me prestei a trocar estragada e eu só tinha um abajur E VOCÊS NÃO VÃO ACREDITAR MAS eu peguei uma LANTERNA pra deixar do lado pra qualquer coisa conseguir enxergar todos os cantinhos e ter certeza de que não tinha nada ali HAHAHAHA. E eu realmente usei ela umas 20 vezes. Isso é o quão exageradamente cagona eu sou. Podem rir, eu rio.
Então eu gostei, né, gente. O livro me fez sentir tudo que devia me fazer sentir, a história é muito boa e o Stephen King arrasa. Mas não vou passar perto de um livro dele tão cedo por motivos de: medo.

Eu tenho um perfil no Skoob, caso interesse alguém :)

Comentários

  1. Oi. Obrigada pela sugestão do livro Cemitério. Eu também sou muito medrosa, quando assisto filme de terror, fico dormindo de luz acesa por um longo período. Se tiver espírito ou alma penada, então, nem se fala. Gostei muito do livro pela sua resenha. Vai ser o próximo na fila de leitura. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai miga esse livro junta espírito alma penada e medo. TENHA CUIDADO hahaha

      Excluir
  2. Oi. Obrigada pela sugestão do livro Cemitério. Eu também sou muito medrosa, quando assisto filme de terror, fico dormindo de luz acesa por um longo período. Se tiver espírito ou alma penada, então, nem se fala. Gostei muito do livro pela sua resenha. Vai ser o próximo na fila de leitura. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Cacá, você sabe que eu já tinha lido alguma coisa a respeito do Pequena Abelha e tinha ficado com essa mesma impressão de que a "campanha" em relação a história era meio caída. Mas agora, depois de ler os seus comentários, fiquei com vontade de dar uma chance. E Stephen King sempre faz isso comigo, que poder esse cara tem de me deixar apavorada só com palavras gente!!!

    Beijo, beijo :*
    http://naomemandeflores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se ler pequena abelha dps me conta o que achou <3
      né? não é a toa que ele faz tanto sucesso, ele tem um dom de deixar a gente inquieto hahaahah

      Excluir
  4. Eita Cacá, jura que o livro da Amy não é tão legal assim? Tava com muita vontade de ler, mas também não conheço nada dela... Só quis ler porque li umas coisas bacanas que foram creditadas à ela. Desanimei hahaha

    Agora, O cemitério: eu amo esse livro! Eu não senti medo, mas senti uma angústia enorme! Sabe quando você entende o que o cara vai fazer, um pouquinho antes dele fazer? Velho, eu fiquei NÃO CARA! NÃO FAZ ISSO, VÉI! PARA COM ISSO, VAI PRA CASA!
    Pior que o infeliz vai lá e faz de novo!! hahahahaha
    Sério, esse livro me deu muita agonia. E eu amo livros que me fazem ~~sentir coisas~~, são os melhores.
    Beijão ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nãããão é bem legal sim. não deixa de ler só por causa do que eu falei hahaha. é um bom livro, ela é ótima, ri alto em várias partes... mas tinha esse probleminha :(

      HAHAHA SIM. o livro é justamente isso. PARA, VÉI. PARA COM AZIDEIA. Ó A MERDA. hahahaha

      Excluir
  5. Esse livro do Stephen me chamou a atenção hein!
    Sou mega cagona mas também sou curiosa e adoro ficar com medinho lendo e imaginando as coisas do livro. Já vou por na minha ~booklist~

    E o que dizer da Amy? Já faz tempinho que quero ler o Yes, Please pq né, Amy é tudo de bom.
    [ tais fazendo a dança da galinha] Hifive pelo Arrested Development ali e por gostar do G.O.B! ele é o melhor personagem não é mesmo? Aliás, não dá pra escolher um favorito na série.

    I made a huuuuuuuuge mistake.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GOB é o melhor personagem de qualquer série hahahaha ~HELLO DARKNESS MY OLD FRIEND~

      Excluir
  6. Cacá,
    tu gostou do 'Chamado do Cuco'?
    Mesmo amando Cormoran Strike, não consegui amar o livro sabe?!
    Daí nem peguei 'Bicho da seda', e agora com tua conclusão de que 'Career of Evil' é ainda mais arrastado... Nem vou cogitar RISOS

    Se puder te indicar o melhor que li até agora em 2016 será 'a vida do livreiro AJ Fikry'.
    Lindo, singelo, e daqueles rapidinhos de ler, sabe?!

    Beijoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha mas acho que foi mais arrastado porque li em inglês mesmo :( aí demoro mais pra ler e o livro parece mais comprido...
      eu gostei muito, gosto do personagem que é todo podrão e sinto que se ele fosse real eu com certeza ia ficar afinzinha dele hahahaha mas se a pessoa não gosta de romance policial acho que não é pra ler mesmo :)
      pesquisei sobre esse livro e fiquei bem afim de ler, já foi pra lista <3 obrigada pela indicação!

      Excluir
  7. "A mulher que escreveu meus livros preferidos decidiu enveredar para o meu gênero de livro preferido. Os planetas se alinharam e tá tudo certo". Mas que descrição precisa dos exatos sentimentos que tenho sobre essa série de livros! Esse é o único que eu não li ainda (em inglês tá tipo milhões de reais e como meus outros são em pt, queria tudo igual :/), mas J.K Rowling + Romance policial = <3 Não tinha como dar outra fórmula. E eu adoro os personagens! O Cormoran Strike contrasta tanto com a Robin! E eu amo os dois!

    E bah, O Cemitério é meu livro preferido do Stephen King, pra mim ganha até do Iluminado. Acho que é porque O Cemitério APARENTA ser uma coisinha mais inocente, de reviver bichinhos (: Mas só aparenta, né HUIASDHIA. Agora eu estou terminando (faz tempo na verdade, lol) de ler A Torre Negra, que são sete livros muito bons também.

    Beijos, e fiquei suuuuuuuper feliz que tu entrou no Book Club <3
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir

Postar um comentário

infelizmente o blogger não tem uma plataforma muito boa de comentários, então se alguém tiver algum interesse em ver minha resposta tem que voltar aqui no post. Procuro responder todos!
Obrigada pelo feedback!!