Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

março 2014: o que teve

Todo final do mês tento fazer um post com uma pequena retrospectiva das coisas que aconteceram. Se alguém quiser aderir à brincadeira, me avisa pra eu linkar aqui? Eu divido em coisas que assisti, li e ouvi, mas vocês podem adicionar qualquer coisa. Meninas que estão participando: O Céu de Alexandria, Prefiro b-sidesCenas do Rio e do LePortugo. Veja os outros posts da série aqui.
Assistindo: True Detective. Gente, melhor seriado ou what? Eu estou amando, assisti só os primeiros 3 episódios, mas estou viciada. Sempre gostei de seriados policiais, tipo Law and Order e CSI, mas esse levou pra um outro patamar. Sem contar que sou muito fã dos dois atores principais, então só melhorou. Torcendo para True Detective ter seguimento. Eu não sei vocês, mas às vezes quando alguém começa a falar de um seriado que eu nunca vi e começa a parecer legal eu já paro de prestar atenção porque gente, viciar um seriado e perder horas da minha vida assistindo todas as temporadas pra depois chorar num cantinho quando acabar porque algum ser humano que não está nem aí para os seus sentimentos ou cancelou a série do nada e ficou sem fim (DARK ANGEL, WHY???), ou decidiu deixá-la chata para ter um bom motivo pra cancelar (The O.C., Gossip Girl...). Hollywood, por que você destrói todos os nossos sonhos?? :~~
 Melhores diálogos <3
Lendo: Nada. Me julguem :( independente disso, tá aqui meu perfil do Skoob se alguém quiser ser meu amigo.
Ouvindo: Céu. Especialmente essa.

I like #23

Fazia tempo que não postava nessa categoria por aqui... Vou tentar retomá-la :)
1. Rio em Time-Lapse: uma visão diferente do que estava acostumada do Rio de Janeiro.
2. Font for Peas: fontes bem diferentes e originais - todas foram "desenhadas" por "pessoas comuns", ou seja, foram feitas à mão.
3. Vídeo Les Beaux Frères: muito engraçadinho esse vídeo de um ballet envolvendo homens pelados e toalhas. O que pode dar errado? :)
4. Tumblr Life Memoirs: coisa linda esse tumblr cheio de fotos inspiradoras.

invejoso

Acho que todo mundo devia conhecer essa música, então vim aqui enfiar ela goela de vocês abaixo.
O carro do vizinho é muito mais possante
E aquela mulher dele é tão interessante
Por isso ele parece muito mais potente
Sua casa foi pintada recentemente
E quando encontra o seu colega de trabalho
Só pensa em quanto deve ser o seu salário
Queria ter a secretária do patrão
Mas sua conta bancária já chegou no chão
Na hora do almoço vai pra lanchonete
Tomar seu copo d'água e comer um croquete
Enquanto imagina aquele restaurante
Aonde os outros devem estar nesse instante
Invejoso
Querer o que é dos outros é o seu gozo
E fica remoendo até o osso
Mas sua fruta só lhe dá caroço
Invejoso
O bem alheio é o seu desgosto
Queria um palácio suntuoso
mas acabou no fundo desse poço
Depois você caminha até a academia
Sem automóvel e também sem companhia
Queria ter o corpo um pouco mais sarado
Como aquele rapaz que malha do seu lado
E se envergonha de sua própria namorada
Achando que os amigos vão fazer piada
Queria uma mulher daquelas de revista
Uma aeromoça, uma recepcionista
E quando chega em casa liga a tevê
Vê tanta gente mais feliz do que você
Apaga a luz na cama e antes de dormir
Fica pensando o que fazer pra conseguir
O que é dos outros
Querer o que é dos outros é o seu gozo
E fica remoendo até o osso
Mas sua fruta só lhe dá caroço
Invejoso
O bem alheio é o seu desgosto
Queria um palácio suntuoso
Mas acabou no fundo desse poço

trecos II

Não é segredo que eu sou a louquinha dos cacarecos.
Aqui em casa a cozinha é território da minha mãe e aos poucos estou tentando conquistá-la #gameofthrones. Aquelas. Hahaha. Enfim, dando uma espiada na cozinha descobri que não sou só eu que sou acumuladora de trecos kawaii.
O que são esses cortadores de biscoito? Muita fofura. O unicórnio e a coruja, obviamente, são meus, porque né? Aliás, faz tempo que não dou um upgrade nas minhas coleções. Prometo retomar a tag em breve. Faz tempo que estou querendo fazer uns biscoitos com esses cortadores, mas minhas receitas nunca dão certo! Sempre "derretem" no forno e vira um círculo feio. Alguém tem uma receita boa pra me passar? 
Outros cortadores fofos são esses aí, que você pode encaixar na xícara. Imagina que delícia você mergulhar um biscoitinho em forma de coração no seu café?! Choranu de emossaum com essas perspectiva! As xícaras são minhas :)
Essas forminhas também são uma fofura. São pra fazer bolo, mas nunca testei pra esse fim. Acho que dá pra fazer gelatina também, imagina que fofura? IMAGINA UMA GELATINA DAQUELAS ARCO-ÍRIS DE PANDA? Gentem.
Um beijo pra quem acertar o que são esses patinhos adoráveis :)
Sim. Isto é uma forma de um gatinho deitado. Acho que minha mãe atingiu a plenitude no que diz respeito à formas de bolo.
E essa espátula de margarida? Pra alegrar qualquer cozinha.
Que tal o quebra-nozes de esquilo? Morri um pouquinho quando vi. E o abridor de garrafas de ganso? <3
Saleiro de porco, gente. E o potinho de ursinho? Como não amar? :~~~)

6x6: (fugindo do) carnaval

Estou participando com algumas meninas de um 6x6 (6 fotos todo dia 6). Esse mês o tema foi livre e como o carnaval terminou escolhi ele. 
Eu não sou muito fã da função do carnaval, esse festerê machista. Fica meio difícil fugir disso por aqui, mas se eu escutei duas marchinhas durante os cinco dias de feriado foi muito. Saldo positivo.
Aqui no Sul quando tem feriadão acontece um fenômeno que chamo de exôdo urbano. A torcida do Flamengo Inter/Grêmio inteira pega seus carros e segue na direção norte para alguma praia. Metade dessas pessoas fica no litoral do Rio Grande do Sul e a outra metade segue caminho para Santa Catarina, que foi o meu destino. Com uma estrada completamente tosca e eternamente em fase de duplicação, às vezes o trânsito fica completamente parado.
Decidimos atalhar por uma balsa na Barra do Camacho, em Jaguaruna. Ficamos mais de três horas na fila, mas o lugar era lindo.
Moraria naquele gazebo ali no fundo de bowie.
Guarda do Embaú vista do Pontal do Papagaio. Coisa bem bonita, né? E aquela chuva exú vindo ali no cantinho? Acampantes piram.
Pontal do Papagaio e Prainha lá no fundo.
Fizemos uma trilha para chegar num lugar lindo chamado Vale da Utopia. Essa foto tirei no caminho.
Existe uma pessoa no mundo que equilibra pedras melhor do que você.
Obs.: notem a tarja preta nas peitcholas da gatinha saindo do mar <3 esse é um blog de família.
Visitem os blogs das outras meninas que são muito mais habilidosas do que eu:

Foto extra:

Quarto luxuoso de hotel meu e do namorado. Eu nunca tinha acampado e foi muito mais tranquilo do que eu pensava. Adorei a experiência e pretendo repetir :)

Pipeline

Uma fotinho do Pipeline dormindo, só pra não perder o costume.
<3

filme: as sessões

Viram como eu sou uma boa blogueira, postando no feriadão de carnaval :) Mentira, esse post foi programado, huhuhu.
Assisti o trailer desse filme por acaso e o enredo me pareceu bem interessante. Um beijo para o NOW, que liberou de graça pra galerê.

Sinopse: Mark O'Brien é um escritor e poeta que, ainda criança, contraiu poliomielite. Devido à doença ele perdeu os movimentos do corpo, com exceção da cabeça, e precisa passar boa parte do dia dentro de um aparelho apelidado de "pulmão de aço". Mark passa os dias entre o trabalho e as visitas à igreja, onde conversa com o padre Brendan, seu amigo pessoal. Sentindo-se incompleto por desconhecer o sexo, Mark passa a frequentar uma terapeuta sexual, Cheryl Cohen Greene, que o inicia no sexo.
Quando vi o trailer e entendi a trama, achei que As Sessões era um filme bem triste. Na verdade, o filme vai muito além da tristeza e do drama. É um filme lindo e delicado. Mark lida tão bem com sua condição que você até se sente mal de ficar triste por ele ou pela situação em que ele vive. Ele ao mesmo tempo que é ingênuo em relação ao sexo, é muito evoluído em outros sentidos. Cheryl entra na história para ajudá-lo, mas a relação deles é muito mais do que sexual. Apesar dos dois serem fofos, acho que o personagem que mais gostei foi o padre. 
Mark é um cara religioso e as cenas dele visitando o padre após cada sessão de terapia são despretensiosamente engraçadas.
A atuação de John Hawkes (Mark) é espetacular. E a Helen Hunt é uma linda.