Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

BEDA - criando coragem

E aí que decidi participar do BEDA em agosto. O que significa que eu vou postar todos os dias em agosto. Eu tenho um total de: 10 posts programados HAHAHAHA.
Passarinho, que som é esse? Esse som é o som de um #fail chegando. Fail chegandooooooo.
Como quero que todo mundo que me visita faça também e acredito que ainda dê tempo, estou aqui indicando o grupo Se organizar, todo mundo bloga pra gente chorar, se ajudar e, mais importante, fofocar. Lá tem tags/memes e várias ideias legais :)
Este post da Nicas com um calendário maravilhoso que se auto-preenche (COMO FAZ ESSE TIPO DE COISA PLMDDS) também é de utilidade pública.
(e a partir de agora qualquer post que eu escrever vai ser jogado pra agosto bjs)

EDIT: Percebendo que a probabilidade de eu conseguir fazer isso é mínima, se vocês tiverem dicas, sugestões ou palavras de apoio, pfvr me digam <3

sintra

Sintra é esse lugar mágico e a gente fica com a certeza absoluta de que fadinhas vão aparecer a qualquer momento.
Olha essa torre invertida :~ Fica na Quinta da Regaleira e é chamado de poço iniciático. Desse poço saem vários túneis que ligam a outras partes da quinta. Pegamos um dos túneis e acabamos indo parar atrás de uma cascatinha e um laguinho lindo e eu juro que se unicórnios existissem eu veria um ali.
Foto lá de baixo.
Um adendo: as fotos não mostram nem metade do que é a lindeza desse poço, mas é que eu como boa acrófoba (o poço é 3 vezes mais alto do que parece) fiquei com medo e desci rapidinho pra não ter que lidar :~
 O castelo da Quinta parece de conto de fadas.
Esse gato brincou comigo. Gatos geralmente não vão com minha cara apesar de eu querer apertar todos (provavelmente o motivo de eles não irem com a minha cara) então foi só amor <3
Vista lindíssima do Castelo dos Mouros.
Tem um gato ali também <3
Gambiarra de fita adesiva pra parte de trás da câmera não cair :~ tirei um rolo de fotos lá e pretendo revelar daqui talvez 20 anos e prometo postar aqui :)

anedotário

Falando com um amigo pessimista formulei frases do tipo:
'MANO O MUNDO LINDÃO AÍ VÁRIAS PRAIAS PARADISÍACA E UM MONTE DE CACHORRO FOFO E TU TEM A PACHORRA DE DIZER QUE NADA FAZ SENTIDO'
e
'E OS GOLFINHO VELHO... ELES FICAM SORRINDO PRA NÓS...'
E percebi que como psicóloga sou uma ótima manicure porque já pensou o cara pensando em suicídio e eu respondendo 'TEM UNS GATINHOS PERSEGUINDO LASER NA INTERNET, FAZ ISSO NÃO VÉIO.'
Às vezes quando tô me sentindo muito bem comigo mesma fico pensando nessa gente que mata gente inocente por petróleo e que essa gente é gente como eu, é da mesma espécie que eu e é igual a eu e aí rapidinho volto pro meu lugar.
Outra frase brilhante que soltei esses dias: O mundo é um grande sistema de trocas mas meteram dinheiro no meio pra arruinar o rolê todo.
Tenho uma semi-conhecida que mora num prédio que eu consigo ver da minha casa. Tava saindo uma fumaça muito estranha de cima do prédio dela e achei que devia avisar. Mandei foto e fiz todo um drama pra 5 segundos depois a fumaça dissipar, não ser fogo e eu perceber que nem era do prédio dela que tava saindo a fumaça. Me sentindo um pouco ridícula fiz o que qualquer ser humano normal faria e quando ela respondeu 10 minutos depois mantive a história.
Me senti muito velha mesmo quando vi umas crianças correndo atrás de uns patos em Portugal e xinguei elas porque elas estavam estressando os patos.

5 anos de blog :)

Hoje esse bloguinho completa 5 anos de vida! UHUL!
5 anos é bastante tempo, né? Quando comecei o blog não esperava que tivesse tanto feedback de tanta gente legal. Não ia ter continuado com ele se não fosse por vocês :) Obrigada por tudo, migues!
Curiosidades sobre o blog:
- Uma vez num surto de raiva da vida eu deletei o blog e uma hora depois reativei. Ninguém reparou.
- Esse blog já passou por dois namorados meus HHIHIHI. Sei lá, achei que era uma curiosidade engraçada porque às vezes vou parar num post lá atrás e acho graça. Aliás, um deles lê o meu blog de vez em quando que eu sei OI BRUNO! <3
- Falando em arquivos, pra quem é novo aqui, saiba que todo final de ano eu faço uma retrospectiva dos posts mais legais. Caso se interesse: 2012201320142015.
- O post mais visitado do blog tem mais de 20.000 visitas e é o 5 fontes para um efeito lousa. As pessoas buscam no google esse tipo de fonte e caem aqui.
- O segundo post mais visitado do blog é o janeiro 2014: o que teve e eu não faço a mínima idéia do porquê.
- O meu post favorito é o as viagens da minha vida #1, que eu falei sobre a viagem que ganhei dos meus pais quando tinha 15 anos. Era pra ter uma continuação mas não aconteceu.
- O blog tem uma média de 550 acessos diários e eu acho o máximo e não sei da onde vem tanta gente. 
- O dia que o meu blog teve mais acessos foi o dia que a Melina Souza me linkou num post dela.
- O blog tem ao todo 542 post publicados o que significa que temos uma média de 10 posts por mês desde que ele começou. Tenho quase certeza que fiz errado essa matemática, no entanto, hahaha.
- Por último, olhem que fofo o primeiro post do blog <3 sinto que, embora a proposta dele tenha mudado um pouco (assim como eu mudei), no fundo continua com o mesmo princípio: registrar as coisas que valem a pena :)
Considerem-se brindados/brindadas e que venham os próximos 5 anos <3

layout caligráfico

Por que esse título, meu senhor?
A pessoa entra num vórtex de caligrafia e vai parar em loja de arte lá em Portugal pra comprar canetas. Empenho e dedicação: não trabalhamos. Essa caneta que é da marca Koi tem ponta pincel e facilita uns 200% qualquer tentativa frustrada de escrever alguma coisa bonita. Custou menos de 2 euros e eu estou arrependida de não ter comprado mais. MÃE COMPRA PRA MIM MAIS UMAS? Sério. 
E aí que decidi usar esse meu novo talento (sqn) pra alguma coisa de útil e pensei em fazer um layout aqui pro blog. Ó o que saiu:
Qual vocês preferem? Vocês gostam? Como raios faço pra digitalizar sem scanner? Será que não vai ficar preto demais e neutro demais o layout? Ainda dá pra usar aquarela no layout ou essa moda já era?  Vocês repararam o café de 2 dias atrás estrategicamente posicionado na foto pra dar um charme?  Eu fiz muitas perguntas? Será que alguém vai responder todas?
Outra coisa fabulosa que trouxe de Portugal foram esses adesivos vintage mimosinhos que comprei na Ikea. Eu perdi um dia inteiro da viagem para passar o dia na Ikea? Talvez. Eu voltei na Ikea em outro dia só pra comer as almôndegas fabulosas deles de novo? Talvez. Não vou dizer que sim nem que não.

livros de 2016 #4

Esse ano comecei a fazer resenhas dos últimos livros que li à medida que vou lendo.  Clique aqui para parte 1, parte 2 e parte 3.
13. Objetos Cortantes - Gillian Flynn
Descrição: Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.
Eu gostei muito de Garota Exemplar, livro da mesma autora, e decidi ler outra coisa dela. 
Objetos Cortantes é uma história onde todo mundo tem problemas, todo mundo é meio louco e os personagens são muito bem trabalhados. A história se prolonga demais e o final é um pouco abrupto. O livro inteiro fica enrolando uma solução que é dada em 2 ou 3 páginas. Mesmo assim, amei. A trama que, ao meu ver, deveria ser central (o crime) fica um pouco de lado e a história de vida da personagem é muito mais contada. Tem um motivo pra isso e eu achei sensacional a forma que o livro foi escrito. 
Parece que vai ter uma série da HBO baseada no livro e MAL POSSO ESPERAR.

14. Lugares Escuros - Gillian Flynn
Descrição: Libby tinha sete anos quando a mãe e as duas irmãs foram assassinadas no «Sacrifício a Satanás de Kinnakee, no Kansas». Enquanto a família jazia agonizante, Libby fugiu da pequena casa da quinta onde viviam e mergulhou na neve gelada de janeiro. Perdeu alguns dedos das mãos e dos pés, mas sobreviveu e ficou célebre por testemunhar contra Ben, o irmão de quinze anos, que acusou de ser o assassino.
Gostei tanto de Objetos Cortantes que decidi ler Lugares Escuros da mesma autora. Também porque queria assistir o filme por motivos de Charlize Theron e sempre que dá tento ler o livro antes de ver o filme (nunca dá, haha).
Embora a personagem principal deveria ser automaticamente gostável porque sofreu muito na vida, ela é tão detestável que a gente fica com dúvidas. A dúvida que permeia o livro inteiro não é forçada e faz a gente não parar de ler. Gostei, mas não gostei tanto quanto o primeiro.

15. Vida Querida - Alice Munro
Descrição: Os contos de Vida querida são ricos como romances - com personagens, tramas e vozes desenvolvidas em toda sua potencialidade -, mas, precisos como pede a tradição do gênero, prescindem de qualquer elemento que não seja essencial. O leitor, conduzido por narradores capazes de segurar a tensão do começo ao fim, se entrega a percursos surpreendentes, anunciados com sutileza e maestria em pistas esparsas. 
Vida Querida me foi indicado por outro livro, veja só você :) Em A Vida Secreta de A. J. Firky (falei sobre aqui) o personagem principal conta em algum momento do livro que os únicos contos que prestam são da Alice Munro. Fiquei curiosa e fui atrás. Acontece que Alice Munro é uma autora maravilhosa, que inclusive ganhou o nobel de literatura, e não sei como não tinha esbarrado nela ainda com essa minha busca frenética por autoras mulheres.
Eu amei os contos. São curtíssimos e mesmo assim intensos. Impressionante como ela dá poucas informações sobre a história que mesmo assim já conseguimos imaginar todo o resto que ela não diz.
THIS IS GOOD WRITING
Amei, quero ler mais dela.

16. A Casa dos Espíritos - Isabel Allende
Descrição: 'A casa dos espíritos' conta a saga da turbulenta e numerosa da família Trueba, do Chile, com o seu patriarca angustiado e suas mulheres clarividentes. Trata-se de uma narrativa que se alimenta de si mesma e parece tender ao infinito. É no seu desfecho que se alcança o efeito trágico da obra cujo limite não é o esgotamento das narrativas, mas um golpe de Estado que metamorfoseia as narrativas em sangue nas sarjetas e as palavras em silêncio. Num panorama da história chilena que vai de 1905 a 1975, desfilam personagens como Esteban Trueba, latifundiário e senador; Clara, sua mulher clarividente e Alba, sua neta, jovem, socialista e, portanto, adversária do patriarca e de seus cúmplices.
Alguém já leu? ALGUÉM NÃO GOSTOU? Na boa, impossível não gostar. Mentira, tudo é possível.
Um romance histórico sobre o Chile, ao melhor estilo Cem Anos de Solidão. Sensacional, até o Neruda aparece e, sei lá, gente, só posso dizer que amei.
Descobrindo agora que tem um filme com a MERYL STREEP (!!!) e já tendo um avc. A mãozinha do download ilegal treme.